TURISMO

TURISMO EM PORTO NACIONAL

 

O município de Porto Nacional está significativamente próximo à capital do Estado, Palmas, principal portão de entrada e grande centro de distribuição do fluxo turístico do Tocantins. Além de possuir um bom acesso por rodovias estaduais, possui aeroporto com infraestrutura capaz de atender voos charters e regulares, ampliando a possibilidade de acesso ao município e região.

Porto Nacional apresenta grande concentração de atrativos histórico-culturais, um conjunto histórico/arquitetônico e eventos de relevante expressão cultural. A existência de estudos sobre patrimônio histórico fortalece as ações planejadas e executadas para o desenvolvimento do turismo.

Quanto ao patrimônio natural, há uma elevada diversidade de atrativos que permitem a visitação a elementos diversificados, como praias, cachoeiras, corredeiras e mirantes, entre outros.
Além da diversidade de atrativos do patrimônio natural e histórico-cultural, há no município dois importantes núcleos de pesquisa, sendo um destinado à pesquisa arqueológica, o Núcleo Tocantinense de Arqueologia – NUTA, e outro ao patrimônio natural, o Núcleo de Estudos Ambientais – NEAMB, com ênfase na ictiofauna.

São excelentes os resultados alcançados pelo NUTA e suas exposições como elemento turístico, atraindo a visitação a Porto Nacional. Cabe considerar também que o Estado do Tocantins possui elevada diversidade de rios em importantes bacias hidrográficas, e os resultados dos estudos e amostras dessa biodiversidade pelo NEAMB, em especial da ictiofauna brasileira, podem configurar-se com um elemento atrativo relevante ao mercado turístico de pesca, cientifico e gastronômico.

Há oferta diversificada de atrativos e infraestrutura turística definindo uma demanda para segmentos específicos como: sol e praia, eventos, ecoturismo, pesca e outros.

 

 

PONTOS TURÍSTICOS

 

 

PRAIA PORTO REAL/LUZIMANGUES

Localização e ambiência: zona urbana. Ponto de referência: Ilha do Porto Real – Av. Beira Rio. Coordenadas geográficas: 10º41’41.3”S e 48º 25’09.1”W. Atividades realizadas no atrativo natural: contemplação, banhos no rio, passeios de barco, realização de eventos, temporada de praia.

                                                            Figura 01: Praia Porto Real    

                        PRAIA         

Foto: Dornil Sobrinho 

 DSC 0553

Durante o mês de Julho a prefeitura disponibiliza gratuitamente duas balsas com capacidade para 100 pessoas no final de semana para a população atravessar para a ilha. Pracinha com bancos e play ground. Centro de convenções com capacidade para 800 pessoas, com banheiros, 2 camarins com 2 banheiros, palco, rampa para deficientes, área de camping, trapiche com ancoradouro de barcos, sinalização. Na alta temporada (julho), são feitos vários eventos na praia (Shows com Bandas Regionais e Nacionais). Há um total de 6 barracas na ilha, 2 torres de salva vidas, um parquinho para crianças, duchas, banheiros femininos, banheiros masculinos.

 

PRAIA DE LUZIMANGUES

     Localizada as margens do lago ao lado oposto da capital Palmas, a praia de Luzimangues aparece como um grande atrativo turistico para a região, apontada pela mídia do estado do Tocantins, como um cartão postal e uma das melhores opções de lazer e entretenimento na temporada do mês de julho em todo o estado. 

luziamas

 

 

CENTRO HISTÓRICO

 

O centro histórico de Porto Nacional, em Tocantins, foi tombado pelo Iphan, em 2008. A área delimitada abrange cerca de 250 edificações, conjuntos de ruas, largos e praças, incluindo a Avenida Beira Lago e o entorno da Catedral Nossa Senhora das Mercês. Na cidade, destacam-se as edificações construídas pelos freis dominicanos como a Catedral das Mercês, além de espaços públicos e residências.

 

 DSC 0068

 

A área tombada (que inclui o seu entorno) abrange parte da zona central e compreende o sítio natural, a malha urbana e as arquiteturas implantadas desde a fundação do município até a década de 1960. Neste trecho localizam-se, além das edificações vernaculares, os edifícios mais singulares do centro histórico, como a Catedral, o Seminário, a Cúria e a Casa de Câmara e Cadeia. O local ainda apresenta remanescentes da maior parte do acervo arquitetônico representativo do período da mineração do ouro - metade do século XVIII até meados do século XX. 

Fonte: http://portal.iphan.gov.br/pagina/detalhes/107