O Prefeito Joaquim Maia assinou, ontem 28, termo de doação de área para a construção da Central Estadual de recebimentos de embalagens vazias de agrotóxicos. A área foi doada à Associação de Revendedores de Insumos Agrícolas De Porto Nacional – AREIA.

 

Será construído uma Central de recebimento de embalagens vazias de agrotóxicos em Porto Nacional, passando assim a receber de 400 a 500 ton. de embalagens vazias por ano de várias cidades do estado do Tocantins. Hoje, na região existe apenas um posto de recolhimento na cidade de Silvanópolis e que não suporta a demanda. Para o secretário da Produção e do Desenvolvimento Econômico, Olímpio Mascarenhas, esse é um passo importante para Porto Nacional: “Tendo em vista que a região do nosso município é a maior produtora de grãos do Tocantins, consequentemente também somos a região do Estado que mais tem embalagens para descartar. Com a construção desta Central, que irá reciclar as que puderem ser reaproveitadas e dar o destino certo para as que devem ser incineradas, estaremos dando solução para um grande problema que atinge nossos produtores, bem como para os das demais regiões. Além disso estaremos abrindo novas frentes de trabalho e contribuindo significativamente para o meio ambiente.” Argumentou Mascarenhas.

reciclar

Momento em que o documento foi assinado.

 

O prefeito Joaquim Maia ao assinar a doação da área, de 20.000 m2 (Vinte mil metros quadrados), ou seja, 2 hectares, afirmou: “queremos com essa doação dar condições aos nossos produtores, de um modo mais prático, de fazerem o descarte correto das embalagens dos insumos utilizados no campo. Temos uma política de apoio ao nossos produtores e esta é mais uma das ações que fazemos para facilitar o processo de produção no campo.” Disse o prefeito lembrando que a Prefeitura tem feito periodicamente a manutenção das estradas vicinais e investido na construção de pontes de concreto e galerias, que estão substituindo as velhas pontes de madeira.

 

SOBRE A AREIA

O termo de doação foi assinado também pelo presidente da AREIA, Joaney Tavares dos Santos, e pelo tesoureiro da associação, Wagner Corrêa Gomes. O presidente agradeceu ao prefeito e afirmou: “a doação desta área é a prova de que o prefeito está empenhado na preservação ambiental do município, bem como o seu apoio aos produtores rurais. Já temos recursos para a construção da Central e em breve estaremos recebendo as embalagens.”

A AREIA é uma entidade sem fins lucrativo composta por 30 empresas ligadas ao agronegócio no setor de distribuição de insumos e defensivos agrícolas na região centro sul do estado do Tocantins, cujo objetivo é promover a gestão correta e segura da logística reversa das embalagens vazias de defensivos agrícolas comercializadas na região, além de promover ações socioambientais e de desenvolvimento sustentável.

Conforme a lei 9.974/2000, cabe a associação indicar o local que o produtor deve devolver o material. Ainda é responsabilidade da associação os cuidados e manutenção do local. Já o produtor é responsável pela tríplice lavagem e devolução para os locais indicados.

reciclar2