A prefeitura de Porto Nacional através da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, vem desenvolvendo desde a metade do mês de julho uma grande frente de trabalho de tapa buraco nas principais ruas e vias de acesso do Município.

image 01

De acordo com o Secretário Cleyovane Lemos, essas ações visam, melhorar as condições de trânsito e trazer mais segurança e mobilidade em todos setores de Porto Nacional e Luzimangues. “Temos percorrido as principais avenidas e vias de acesso aos bairros, contemplando esses locais com a operação tapa buraco, buscando corrigir falhas no asfalto e trechos de difícil acesso. Essas ações tem um fluxo continuo e irão ocorrer de forma que alcance todos setores da nossa cidade e Luzimangues.” Afirmou, Cleyovane Lemos.

A operação já ocorreu nos setores Jardim Brasília, Aeroporto, Nova Capital, Beira Rio, Jardim Municipal, Vila Nova, parte do Jardim Querido e Alto da Colina, e prosseguirá em uma nova etapa para os setores Jardim Querido, Novo Planalto, Brigadeiro Eduardo Gomes, Padre Luso e Vila Operária. 

Obras de construção de galerias fluviais e pontes que beneficiam várias comunidades rurais já entram na fase final. Até o momento já foram investidos mais de 1.3 milhão e deverá chegar a 4 milhões

    Com mais de R$ 1.300.000 (um milhão e trezentos mil) investidos nas estradas vicinais, a prefeitura de Porto Nacional através da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, entra na reta final de conclusão das 16 galerias fluviais e com o inicio de uma frente de trabalho que ainda construirá 11 pontes.

     De acordo com o Engenheiro Civil e Fiscal das Obras, James Deylan, as galerias fluviais serão finalizadas ainda no final do mês de agosto, dentro de uma linha de trabalho que contemplou a região do Bejuí, Lavrinha, Lava Grande e Matança.

DSC 0560 1

     As obras das galerias vem cumprindo o cronograma e tem sido executadas a todo vapor. No momento já foram iniciadas as construções de três pontes que integram a região da Matança, que seguindo o calendário estipulado pela frente de trabalho, as mesmas serão concluídas em um prazo de 30 dias.

     Serão ao todo 11 novas pontes, com uma estrutura que substituirá as antigas de madeira por uma estrutura de concreto, sendo 02 no P.A São Salvador, 03 na região da Lavrinha, Bejuí e Lavra Grande, 02 no Córrego Ponte Alta na região da Escola Brasil, 01 no Pontal, 01 Água Suja, 01 P.A José Pereira e 01 na Região do Pau Darco.

21-07-2017 11h 14

A prefeitura de Porto Nacional através da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, deu inicio na manhã da última segunda 17, a mais uma ação em regime de mutirão que irá limpar as ruas da cidade, retirando principalmente o acúmulo de areia e terra nas vias públicas. O início dos trabalhos começou pelo Setor Irmã Edila, região norte da cidade.

 

392

 Força tarefa em ação no setor Irmã Edila. 


De acordo com o Diretor de Ações Urbanas, Joaquim Mascarenhas Pereira Neto, o trabalho está a todo vapor e tem previsão que seja finalizado no inicio da próxima semana. “Temos realizado uma grande frente de trabalho no Setor Irmã Edila, que consiste em limpeza asfáltica, “raspagem”, remoção de lixo e entulhos, além de serviço de roçagem. Nesse primeiro momento temos pedido ao máximo a colaboração da população para nos auxiliar nesse trabalho que será expandido para outras regiões da cidade”.

 

 

393

 

 As ações de limpeza urbana através de mutirão, têm sido uma prática comum desde o inicio da gestão do prefeito Joaquim Maia, que tem convocado a comunidade para se envolver nesse processo tão importante de mudança e melhorias da qualidade de vida e de uma cidade limpa.

 

394

 

 

 

27-07-2017 12h 51

 

     Visando melhorar a segurança dos comerciantes e comunidade nas imediações do terminal rodoviário de Porto Nacional, foi realizado na manhã desta quinta 27, uma ação de contenção e isolamento de vias de acesso que era usado de forma irregular nos fundos do terminal.

 

403

Foto:Dornil Sobrinho
    


     Uma equipe da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Coordenada pelo Secretário Cleyovane Lemos, acompanhado do vereador Djalma Araújo, realizou na manhã de hoje, uma vistoria técnica no local, e após detectar que a localidade precisava de uma ação enérgica e imediata de limpeza, retirada de entulhos e que o mesmo oferecia riscos iminentes a segurança por servir de rota de fuga para eventuais práticas criminosas, foi determinado que as máquinas iniciassem o trabalho de fechamento das vias que dão acesso ao setor Novo Planalto e bairros vizinhos partindo dos fundos do terminal rodoviário.
    A ação atende uma demanda apresentada em reunião realizada no último dia 19, onde estavam presentes o Presidente da base comunitária do setor Novo Planalto, Ides Neres, mototaxistas, taxistas, empresários e comerciantes do terminal e representantes do 5º BPM de Porto Nacional e do Superintendente de Segurança Pública Marco Antonio. Na ocasião trataram sobre a segurança no local.

Ascom/Prefeitura - Willian da Luz

28-03-2017 20H 09

160

Prefeito Joaquim Maia e secretário observam o andamento da obra


Grandes obras de pontes e galerias serão feitas pela Prefeitura de Porto Nacional em diversas estradas vicinais do município. Um investimento de quase 4 milhões de reais, em parceria com o Governo Federal que irá substituir as velhas pontes de madeiras pelas de concreto.

 

161

 

A primeira delas, e que já está bem adiantada, é a da estrada que dá acesso ao assentamento José Pereira. No final da semana passada, o prefeito Joaquim Maia, acompanhado do secretário de Infraestrutura, Cleyovane Lemos e do diretor Wagner Lopes, acompanhou as obras e gostou do que viu. “Estamos diante não apenas de uma obra física de grande valor, mas de um resgate aos direitos destes moradores do campo que há muito tempo esperam por um acesso seguro nas estradas que transitam.” Disse o prefeito.

 

163

 

Chuva

Os trabalhos de construção da ponte e galeria da estrada de acesso ao assentamento José Pereira apesar de não pararem com as chuvas, sofrem um pequeno atraso. Segundo o secretário de Infraestrutura as interrupções provocadas pelas chuvas não comprometerá a entrega da obra dentro da sua programação. “Ao darmos início à construção da ponte e galerias já previmos o período chuvoso e portanto estamos trabalhando dentro do prazo.” Explicou o secretário Cleyovanne, que lembra que os transtornos são inevitáveis.
Outras pontes e galerias serão construídas por todo o município.