Porto Nacional, 24 de maio de 2017

Serviços mais acessados

NÚMEROS DA FIETO APONTAM PORTO NACIONAL COMO LÍDER DA BALANÇA COMERCIAL DO 1º TRIMESTRE/2017


Prefeito Joaquim Maia tem recebido constantes visitas de empresários que veem
no município potencialidades para investimento


Boas notícias já foram dadas pela administração do prefeito Joaquim Maia quando apresentou o balanço dos 100 dias de governo. A reabertura dos postos de saúde, limpeza urbana, manutenção das estradas vicinais, ampliação da rede escolar, pagamento dos servidores em dia e tantas outras. Agora, a Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO), divulgou hoje, 15, atingindo toda a mídia estadual e nacional o apontamento de Porto Nacional como o município de maior participação na importação e exportação de produtos no Tocantins.

O resultado foi percebido após análise da Balança Comercial do 1º trimestre de 2017. Na importação, Porto Nacional atingiu 62,11% dos produtos negociados no Estado e na exportação o excelente número de 18,32%. O estudo foi feito a partir de dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, do Governo Federal. O produto chave para o aumento de mais de 1.000% nas importações de Porto Nacional foram derivados de petróleo (óleos) que representaram mais de 70% do total importado pelo Estado.

Estabilidade política


Prefeito Joaquim Maia e equipe de secretários: focados no cumprimento do plano 
de Governo apresentado à comunidade


O aumento nas importações de óleos reflete bem o desenvolvimento na área agrícola do município, que reagiu muito neste primeiro trimestre. O crescimento no índice econômico sempre vem de acordo com o bom desempenho político, como demonstra a história vivida no país. E a nova política desenvolvida pelo atual prefeito Joaquim Maia, voltada para a produção agrícola, dando total apoio aos pequenos produtores tem contribuído para isso. “Estamos seguindo o plano de governo apresentado pelo prefeito Joaquim Maia, ainda em campanha, quando anunciou total incentivo à produção agrícola, dando apoio logístico a todos os produtores do município, sejam de pequeno ou grande porte. E esses números apresentados pela FIETO representam bem o resultado já alcançado.” Disse o secretário da Produção e do Desenvolvimento Econômico, Olímpio Mascarenhas.

Para o prefeito Joaquim Maia o bom resultado divulgado pela FIETO são testemunhos da política aplicada por sua gestão. “Ficamos felizes em ver que nosso trabalho tem atingido os objetivos pretendidos. Entre eles o de promover o desenvolvimento econômico de Porto Nacional. Estar à frente de cidades como Araguaína e Palmas na Balança Comercial nos credencia a mostrar para empresários que queiram expandir seus investimentos, que Porto Nacional é uma das melhores opções do Estado.” Disse comemorando o prefeito Joaquim Maia.